Inovação

11 cortes premium de carne bovina que você precisa conhecer para diversificar sua oferta

Existe uma oportunidade para novos cortes de carne bovina no mercado brasileiro e, conforme já falamos, é possível apostar nesse nicho e aproveitá-lo ao máximo.

Mas afinal, quais são esses novos cortes? Vamos listar 11 deles, a seguir. Vale lembrar que cada marca tem liberdade para determinar um nome próprio para cada corte oferecido. Portanto, a lista a seguir possui nomes comerciais, contudo, vai ficar atento às características para compreender o que já está disponível nos açougues brasileiros.

  1. Blade roast: de cor vermelha intensa, o corte está localizado exatamente no tríceps do animal, sendo obtido da região do osso da pá bovina, ao lado do centro da paleta.
  2. Flat iron: tem a maciez do mignon, a profundidade de sabor e o alto grau de marmoreio do ancho. Esse subcorte do ombro é extraído exatamente do centro da paleta, sob o osso da pá.
  3. Petite filet: integra a paleta e tem cor vermelha intensa.
  4. Maminha em tira: é um corte longo retirado da maminha.
  5. Maminha steak: é um bife alto recoberto em um dos lado com uma delicada camada de gordura.
  6. Steak light: é um bife mais alto e macio.
  7. Prime steak: é um corte retirado do acém.
  8. Prime rib: uma costela considerada premium.
  9. Bife de chorizo: corte habitual da parrillada argentina, ele vem do contrafilé
  10. Bife ancho: também argentino e do contrafilé, é chamado de filé de costela e deve ser um corte largo, afinal ancho em espanhol significa largo.
  11. T-Bone: resultado de duas partes do boi: miolo do filé mignon e o final do contrafilé.

Gostou do artigo de hoje? Compartilhe este texto com os seus amigos no Facebook! 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *