Inovação

Vacinas sem agulhas para suínos já são realidade no Brasil

Vacinas sem agulhas para suínos já são realidade no Brasil

Vacinar suínos em granjas comerciais é algo fundamental para o sucesso da atividade. Todo suinocultor deve adotar programas para a aplicação de vacinas, objetivando a prevenção das doenças mais importantes. Porém, por muitas vezes, tais vacinações podem acarretar em diversas consequências que não são nada confortáveis aos suínos – nem vantajosas para a granja.

Lesões musculares, com aumento do número de abscessos e, principalmente, o aumento do estresse são as causas mais recorrentes. Já para a granja, o tempo demandado para a aplicação e a baixa otimização da mão de obra são as consequências negativas mais comuns da vacinação com uso de agulhas. Uma solução para esses problemas é uma vacina intradérmica que não necessita de agulha e por isso trás mais conforto para esse manejo!

Como funciona a “vacina sem agulha”

O uso de agulhas durante o processo de vacinação de suínos gera diversas consequências negativas aos animais (como estresse e abscessos). Tais fatos ocorrem porque a vacinação ocorre na forma intramuscular com a introdução de uma agulha no animal. Para solucionar estes problemas, a MSD Saúde Animal desenvolveu uma tecnologia exclusiva para a suinocultura onde a vacina é aplicada de forma intradérmica, portanto, sem a necessidade de agulhas.

De acordo com o gerente de produtos da MSD Saúde Animal, Robson Gomes, explica que para isso foi desenvolvido o Sistema IDAL®. “Com IDAL® a vacina é aplicada em baixas dosagens, sob pressão controlada, no local certo da pele do suíno e, por isso, não necessita de agulha para aplicação”, explica.

De uma forma mais cientifica, o especialista explica que a vacinação intradérmica encontra com maior agilidade as células de defesa do animal localizadas na pele, “desta forma, há rápida resposta imune conferindo longa proteção aos animais”, garante.

Vale lembrar que as vacinas são especialmente desenvolvidas para esta via de aplicação e qualquer pessoa é capaz de vacinar os suínos com IDAL®. Para isso, a MSD Saúde Animal realiza o treinamento e capacita os operadores para vacinar com o dispositivo sem dificuldades.

Vantagens da vacina intradérmica para suínos

O sistema de vacina intradérmica foi desenvolvido para resolver os problemas mais comuns pertinentes ao uso das vacinas intramusculares. Portanto, ao adotar o sistema IDAL®, há redução significativa no risco de abscessos na carne, sendo essa uma exigência cada vez mais comum de mercados internacionais.

Por não necessitar de agulha, o Sistema IDAL® dispõe de um aplicador de fácil manuseio e higienização, trazendo total segurança ao rebanho, além de ser também mais seguro ao aplicador.

Outra vantagem é a questão gerencial do processo. Isso porque, segundo Robson Gomes, o sistema também melhora a gestão do processo de vacinação. “Com esse sistema há contabilização eletrônica e registro de dados, estes podem ser transmitidos aos smartphones dos responsáveis pela granja”.

Porém, sem dúvidas, a valorização do bem estar dos animais é o benefício mais significativo do processo de vacinação sem a necessidade de uso de agulhas. Esse tema vem ganhando cada vez mais a atenção de criadores e empresas de todo o mundo. Veremos mais sobre essa questão a seguir.

Redução do estresse: Objetivo da vacina sem agulha

A vacinação tradicional, com o uso de agulhas, costuma estressar bastante os animais, devido a sua demora e à dor pertinente a esse método. Segundo estudos, o estresse em suínos promove elevação de corticoides endógenos (cortisol), o que produz uma imunossupressão.  A consequência disso será uma menor resposta vacinal. Neste contexto, a vacinação via pele resolveria o problema.

A vacinação sem agulha representa um investimento no bem-estar dos animais, uma vez que estudos que utilizaram este método comprovaram redução do estresse. Isso ocorre, porque tal método é menos invasivo e muito mais rápido.

O gerente de produtos da MSD Saúde Animal tem a seguinte opinião a respeito. “Menores níveis de estresse são sempre desejados na atividade, primeiro porque devemos respeitar os animais sempre. Segundo porque sempre precisamos buscar os melhores desempenhos produtivos”. Certamente, o uso em escala da vacina sem agulha tem tudo para ser um grande aliado de suinocultores e principalmente dos animais.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *